Eufrasio Capacidade Poeta e Pensador
O sorriso é terapia da alma
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Contato Links
LEMBRAMOS DOS NOSSOS AMORES

DUETO
LEMBRAMOS DOS NOSSOS AMORES.
Hoje amanheci pensando em você.
O meu coração disparou de tanta emoção quando lembrei.
De quando eu te vi pela primeira vez.
As minhas mãos suaram, o meu coração palpitava de tanta emoção.
Os meus olhos brilhavam feito luz na escuridão.

Mas sei que você é amor, paixão.
É uma estrela no céu, um raio de luz que ofusca os olhares sedutores.
Você é uma rosa que nasce no silêncio manso da noite.
Há quem me dera tê-la nos meus braços.

Imagino o teu corpo molhado sendo aquecido pelo meu corpo quente e suado. Beijar a sua boca carnuda.
Tê-la nos meus braços.
Para apagar esse fogo que queima dentro de mim, como uma fornalha cheia de brasas de amor e desejo.

Poeta: Leônidas.

A minha mente viajou no tempo lembrei do meu primeiro amor.
Tudo aconteceu numa manhã de sol no meu interior.
Foi uma atração fatal, os nossos olhares se beijavam, abrasavam-se e as nossas retinas se despiam no frenezi dos nossos olhares.

O seu corpo era belo e desejável, e os meus olhos sem pudor nenhum despiam, o meu primeiro amor sem pedir licença, para o seu coração.
Foi uma paixão faraónica, ela retribuía em dobro toda a energia sedutora que joguei na sua direção.

Os nossos corpos se juntaram e o primeiro beijo foi inevitável.
Nos abraçamos e sentimos as nossas energias passeando nos nossos corpos. Foi mágico, o sol e o vento da aquela manhã foram testemunha do meu primeiro amor.

Poeta: Eufrasio capacidade
Eufrasiocapacidade
Enviado por Eufrasiocapacidade em 07/04/2020
Comentários